Hospital da Criança Santo Antônio

Santa Casa é pioneira em tratamento cirúrgico da obesidade infantil no RS

Publicado 23 de setembro de 2020
Santa Casa é pioneira em tratamento cirúrgico da obesidade infantil no RS

O Hospital da Criança Santo Antônio, unidade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre especializada em serviços médicos pediátricos de alta complexidade, é o primeiro hospital do RS a oferecer tratamentos cirúrgicos da obesidade para crianças a partir de 15 anos de idade. Vinculado ao Centro de Tratamento da Obesidade da Santa Casa, que existe desde 2004 e já realizou mais de 4000 cirurgias em adultos obesos, o novo serviço tem como principal objetivo ampliar a gama de tratamentos da obesidade para pacientes pediátricos, já que estes procedimentos passaram a ser legalmente admitidos apenas em 2018.

Um dos aspectos fundamentais do tratamento cirúrgico do paciente pediátrico obeso no Hospital da Criança Santo Antônio, instituição que tem como diretor médico o cardiologista Fernando Lucchese, é o acompanhamento integral por uma equipe multidisciplinar, composta por cirurgiões pediátricos e médicos de várias especialidades, nutricionistas, psiquiatras e psicólogos, que garantem todo o suporte aos pacientes no pré e no pós-operatório, permitindo um processo gradual de readaptação à vida cotidiana.

“Há importantes estudos que comprovam em torno de 85% de eficácia nos tratamentos cirúrgicos da obesidade em crianças, o que significa que a grande maioria não voltará a ter problemas de sobrepeso ao longo da vida”, afirma Rafael Deyl, um dos médicos responsáveis pelo novo procedimento. “Entretanto, vale salientar que os pacientes pediátricos passam por uma rígida avaliação para definir a elegibilidade dos procedimentos, o que é fundamental para um pós-operatório de sucesso”, finaliza.

A equipe médica responsável é composta pelos cirurgiões pediátricos Rafael Deyl, Fabrício Barcelos e Iuri Kist, pela endocrinologista Carolina Petry e pela gastroenterologista Vanessa Scheffer. O novo serviço está disponível inicialmente apenas para pacientes particulares e de convênios.

Imagem: Carol Fornasier/Marketing Santa Casa


260 visualizações