ACESSO RÁPIDO
Hospital Santa Rita

Mais precisão e menos efeitos colaterais no tratamento do câncer

Publicado 10 de novembro de 2020
Mais precisão e menos efeitos colaterais no tratamento do câncer

Santa Casa de Porto Alegre coloca em funcionamento equipamento de radioterapia mais moderno no mundo

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre colocou em uso o quinto acelerador linear do parque radioterápico do Hospital Santa Rita, unidade hospitalar exclusiva para a prevenção, diagnóstico e tratamento de câncer da instituição. Trata-se do modelo TrueBeam® 2.5 STX, da Varian, considerado o mais moderno acelerador linear do mundo, que conta com uma enorme precisão tecnológica para atingir os tumores, o que torna alguns tratamentos contra o câncer mais rápidos e com menos efeitos colaterais.

De acordo com o chefe do Serviço de Radioterapia, Neiro da Motta, este sistema foi criado pensando nas necessidades das pessoas, projetado para tratar o câncer em qualquer parte do corpo, com flexibilidade suficiente para atender também às suas necessidades clínicas: “este equipamento pode ser usado para todos os tipos de cânceres, mas destaca-se para os tumores que respondem bem às radiocirurgias. Ou seja, às terapias que permitem a aplicação de doses elevadas de radiação, com alta precisão, em uma ou poucas sessões, como cérebro, coluna, pulmões, fígado, pâncreas e próstata”, explica o especialista.

O novo acelerador da Santa Casa oferece diversas técnicas de tratamento, como HyperArc e RapidArc, para lidar com uma grande variedade de casos de câncer tendo, ainda, a opção de fornecer imagens de Radiografias MV/kV sincronizadas com a respiração, CBCT 4D e CBCT iterativa. Entre as suas características, destaca-se a possibilidade de tratamentos mais simplificados, utilizando o exclusivo sistema de controle síncrono Maestro que possibilita a operação ininterrupta do sistema. Por seus recursos integrados de segurança do paciente, permite que os radioncologistas e demais integrantes do Serviço de Radioterapia abordem as complexidades do tratamento do câncer com confiança. “A incorporação desse novo aparelho no Hospital Santa Rita fará com que o nosso parque radioterápico fique completo, contando novamente com cinco aceleradores lineares e trará, além de nova tecnologia, qualidade para o atendimento de todos os pacientes da Santa Casa, que é um hospital filantrópico, atendendo tanto pacientes privados, como usuários do Sistema Único de Saúde e de convênios. Todos poderão usufruir dessa tecnologia”, pontua Carlos Eugênio Escovar, diretor médico do Hospital Santa Rita.

O Serviço de Radioterapia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre possui o maior parque de equipamentos de tratamento da Região Sul do Brasil. Com muita responsabilidade e cuidado, proporciona aos pacientes um tratamento seguro e sustentado por três pilares: assistência, ensino e pesquisa. Há quatro décadas, é um grande formador de profissionais de radioterapia.

Imagem: Nicole Rosa/Marketing Santa Casa


123 visualizações