Institucional

Inicia hoje a Semana Internacional da Tireoide

Publicado 20 de maio de 2019
Inicia hoje a Semana Internacional da Tireoide

Inicia hoje, 20 de maio, a Semana Internacional da Tireoide. A equipe do Serviço de Endocrinologia da Santa Casa, juntamente com professores e alunos da UFCSPA, realizaram uma atividade de orientação nas recepções do hospital, levando informação e conscientização para os pacientes.

O tema da campanha, desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, é "Tireoide e Gestação", Confira abaixo algumas informações importantes sobre o assunto:


- A tireoide é uma glândula que fica na base do pescoço, na sua região anterior.
- A principal fonte de T3 no organismo vem da conversão de T4 para T3 (que
ocorre fora da tireoide).
- Os hormônios da tireoide são essenciais para a saúde da mãe e do feto na gestação.
- No início da gestação, há o desenvolvimento neurológico do bebê e isso depende de níveis adequados de hormônios tireoidianos.
- Enquanto a tireoide do feto não está totalmente formada, ele depende totalmente do hormônio materno.
- A tireoide do feto somente começa a ser formada a partir da 8a semana de gestação.
- Na mãe, as disfunções da tireoide podem alterar a pressão arterial e aumentar o risco de abortos e partos prematuros.

As pacientes com doenças na tireoide que pretendem engravidar devem estar atentas. Durante a gravidez ocorrem modificações importantes no organismo e especialmente no funcionamento da glândula tireoide.

Pacientes sabidamente com disfunções na tireoide devem informar seu médico logo que descobrirem a gestação.Melhor ainda se informarem, com antecedência, a sua intenção de engravidar para que as doses de seus medicamentos sejam devidamente ajustadas.Com o ajuste e acompanhamento adequados, pode-se reduzir o risco de complicações para a mãe e o bebê.

Hipotireoidismo
Se o hipotireoidismo não estiver adequadamente compensado, pode haver complicações para a mãe e para o bebê. Nesse período, pode haver necessidade de doses mais elevadas de hormônios
tireoidianos. Se for o caso, o médico fará o ajuste da dose de reposição do hormônio tireoidiano já antes da gravidez ou logo no início desta.
Nunca suspenda ou modifique a dose da levotiroxina durante a gestação ou amamentação sem a orientação do seu endocrinologista. Ela é segura e necessária.

Hipertireoidismo
No hipertireoidismo, o excesso de hormônios tireoidianos também pode levar a complicações para a mãe e o bebê. Existem casos de hipertireoidismo que podem ser desencadeados durante a gestação.


201 visualizações