Ambulatório de Especialidades Médicas

Ambulatório de Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele

Ambulatório de Quimioterapia

Banco de Córneas

Banco de Tecidos

Cardiologia Clínica

Cardiologia Pediátrica

Centro de Cardiodiagnóstico

Centro de Cirurgia Bucomaxilofacial

Centro de Diagnóstico por Imagem

Centro de Doença de Parkinson e Distúrbios do Movimento

Centro de Epilepsia

Centro de Ginecologia da Infância e Adolescência

Centro de Infusão

Centro de Medicina Cérvico Facial

Centro de Medicina Sexual

Centro de Prevenção do Câncer

Centro de Prevenção e Tratamento da Osteoporose

Centro de Reabilitação Pulmonar

Centro de Tratamento da Obesidade

Centro de Tratamento Integrado da Dor

Centro Internacional de Arritmias - Instituto J. Brugada

Cirurgia Cardiovascular

Cirurgia de Coluna Pediátrica

Cirurgia Torácica

Cirurgia Vascular e Endovascular

Coloproctologia

Controle de Infecção e Infectologia Pediátrica

Cuidados Paliativos

Dermatologia

Diálise

Emergência adultos

Emergência Pediátrica

Endocrinologia

Endoscopia

Gastroenterologia Pediátrica

Geriatria

Hemodinâmica em Cardiologia Intevencionista

Imagens Moleculares - PET/CT

Instituto Materno-Fetal Celso Rigo Associado à Medicina Materno-Fetal Barcelona

Laboratório de Análise de Clínicas

Laboratório de Biologia Molecular

Laboratório de Função Pulmonar

Laboratório de Imunologia de Transplantes

Laboratório de Micologia

Laboratório de Microbiologia

Laboratório de Motilidade Digestiva

Laboratório de Patologia

Laboratório de Sono

Linha de Cuidado em AVC

Litocentro

Maternidade Mário Totta

Neurocirurgia

Neurorradiologia

Núcleo de Cirurgia Plástica

Nutrição

Oftalmologia

Ortopedia e Traumatologia

Ortopedia Pediátrica

Otorrinolaringologia

Otorrinolaringologia Pediátrica

Pneumologia

Pneumologia Pediátrica

Programa Gerenciado de Cuidados Paliativos

Quimioterapia Pediátrica

Radioterapia

Reabilitação Pós-Covid

Reabilitação Robótica – Serviço de Fisioterapia

Urologia

Linha de Cuidado em AVC

Convênios, particular e SUS.

O Serviço de Linha de Cuidado em AVC engloba atendimento especializado dos pacientes com AVC isquêmico ou hemorrágico desde sua ocorrência (no momento da entrada do paciente via emergência) até sua alta hospitalar com seguimento ambulatorial e reabilitação. Através da Linha de Cuidado, o paciente receberá todo suporte para diagnóstico correto, tratamento mais rápido com melhor reabilitação e menor chance de sequelas neurológicas.
Nossas equipes multidisciplinares passam por treinamentos periódicos a fim de otimizar o tempo de atendimento do AVC agudo pois, quanto mais rápido é o tratamento, menor a chance de sequelas neurológicas. Após a alta hospitalar, os pacientes permanecem em reabilitação e poderão prevenir possíveis chances de ter um novo episódio de AVC através de acompanhamento neurológico com consultas periódicas.

A estrutura da Santa Casa conta com o que existe de melhor em equipamentos e tecnologias para diagnóstico imediato e tratamento de ponta de todos os tipos de AVC. A equipe médica é formada por especialistas dentre eles neurologistas, neurorradiologistas e neurocirurgiões e equipes que contam com profissionais das áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e enfermagem, todos especializados no atendimento de pacientes portadores de AVC e na sua reabilitação. Na reabilitação contamos com um serviço exclusivo no Rio Grande do Sul de fisioterapia robótica.

Dr. Alexandre da Silveira Perla - Coordenador
Dra. Melissa Adria Osmarini Caraver - Coordenadora
Dra. Daiane Piccolotto Camargo
Dr. Marcus Vinicius Teixeira Brandão
Dra. Liselotte Menke Barea - Chefe do Serviço de Neurologia (CRM 7233)

O que é AVC?
A sigla AVC significa acidente vascular cerebral e ocorre pela obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria do cérebro (quando é chamado AVC do tipo isquêmico) ou pelo rompimento de um vaso cerebral (quando é chamado de AVC hemorrágico).
 
Quais os sintomas de um AVC?
Perda de força ou alteração de sensibilidade em um dos lados do corpo, dificuldade para falar, desvio da boca, alteração na visão, alteração de equilíbrio, confusão mental, tudo isso dependendo de qual região do cérebro é afetada.
 
O que devo fazer em caso de apresentar sintomas de AVC?
Procure imediatamente uma emergência ou ligue para 192 (SAMU). Quanto antes se obtém auxílio nos casos de AVC, melhor serão as chances de recuperação. Nos casos de AVC isquêmico, os pacientes (quando preenchidos os critérios necessários a serem avaliados pelo neurologista) poderão receber tratamento farmacológico para reversão dos sintomas neurológicos, ou seja, há a possibilidade de se reverter os déficits neurológicos e o paciente permanecer sem nenhuma sequela.
 
Após um AVC há como recuperar as sequelas?
Depende de vários fatores, dentre eles: a extensão e tipo de AVC, a região cerebral acometida, a idade do paciente, as doenças coexistentes e a reabilitação realizada após o AVC. Cada indivíduo responde à reabilitação de uma maneira e o mais importante nestes casos é seu comprometimento com o tratamento médico, fisioterapêutico e fonoaudiológico por exemplo) e o apoio da família.
 
Há como prevenir o AVC?
Na maioria das vezes sim. Mudanças no estilo de vida evitando o sedentarismo, a má alimentação, sobrepeso, tabagismo, uso de drogas e excesso de bebidas alcoólicas auxiliam a evitar o AVC. Fazer controle do colesterol e o tratamento rigoroso de doenças como a hipertensão arterial, obesidade e diabetes são imprescindíveis para o combate ao AVC.
 
Tempo é cérebro.
Sem suprimento sanguíneo, 2 milhões de células nervosas morrem a cada minuto. A cada 6 segundos morre uma pessoa devido ao AVC; 15 milhões de pessoas tem AVC a cada ano; 6 milhões delas não sobrevivem. 1 em cada 6 pessoas no mundo terá um AVC ao longo de sua vida. Por trás destes números estão vidas reais.

Agendamento para convênios e particulares são realizados por telefone da Central de Agendamento pelo (51) 3214-8000 ou pelo site.